Apenas Parem!

Depois que eu virei main já ouvi muitas coisas que me agradaram e muitas coisas que me desagradaram.
E a grande maioria das coisas fica ali no limbo que eu não sei dizer se me agrada ou me desagrada saber que as pessoas pensam tais coisas de mim.

Confesso bem confessadinho que gostaria de voltar a escrever os textos mais engraçados do universo de quando eu estava grávida, mas alguma coisa acontece no meu coração, e eu preciso colocar pra fora aquilo que incomoda, que machuca, que estoura a bolha da ferida com uma agulha não esterelizada e no fim acaba contaminando, então vou fazer uma lista das coisas que por um acaso mudaram na minha cabeça, no meu coração, na minha vida, no meu destino e por favor, apenas parem, Senhora dos Absurdos só é legal com o Paulo Gustavo, tá?!

hqdefault

1 – Eu vou amamentar até quando for bom pra mim e pros meus filhos, isso pode acontecer em 1 dia, 1 mês, 1 ano, ou sabe lá deus quando. Se você não amamenta, não conseguiu amamentar, não quis, sei lá, isso não te desqualifica como mãe, nem o fato de eu amamentar me endeusa como mãe. Somos todas mains.

2 – Ter um filhote em casa, seja de gato, cachorro, macaco, periquito, não é a mesma coisa que ter um bebê. Bebês não comem do pote no chão (na maioria das vezes), não bebem água do pote no chão (na maioria das vezes), nunca fazem xixi/cocô no jornal e principalmente, não podemos dar uma voltinha na esquina e deixar o bebê em casa.

3 – Quando a gente entra de licença maternidade tudo que não queremos ouvir falar é “Quando você vai voltar a trabalhar?”. Por favor gente, deixem-nos curtir as nossas crias sem pensar que vamos precisar deixa-las em algum momento. O mesmo vale pra uma mãe que voltou a trabalhar e sempre tem um pentelho que fica perguntando se ela “não tem peninha de ter deixado a cria com a babá/vó/tia/na creche”.

4 – Se uma main reclama que está cansada, pode colocar a mão no fogo que ela tá cansada de verdade. Deve ter dente, febre, vacina… Ou nada disso, afinal, manter um bebê alimentado, limpo e saudável toma tempo e energia.

5 – A mulher que tem um filho, dificilmente vai ser a mesma mulher que era antes da maternidade, a gente muda mesmo. E perde a vontade de muitas coisas, tipo sair, encher a cara e ficar de ressaca no dia seguinte, até por que quem vai cuidar do bebê no dia seguinte enquanto eu estiver de ressaca?!

6 – A gente fica sem assunto mesmo, ser mãe me consome e me deixa feliz, então mindeixa ser feliz com meus filhos?!

7 – Assuntos que antes eram piada viram grandes, enormes motivos de preocupação para que meus filhos não cresçam com qualquer tipo de preconceito. Portanto racismo, homofobia, transfobia, intolerância religiosa, xenofobia não tem vez aqui.

8 – Boa parte das mães que eu conheci por esse mundo azul (incluindo eu mesma), acabam encarnando a faceta feminista, por ideologia? Boa parte das vezes não, mas quando nos colocamos na posição vulnerável de precisar de ajuda, e a sociedade te colocar como única detentora responsável por aquela(s) vidas, que se algo acontecer de ruim, a culpa é inteiramente da mãe, vemos o quanto vivemos numa sociedade extremamente machista e ese sentimento de impotência acaba nos mostrando um mundo diferente.

9 – Nunca critique a forma como a mãe cuida do filho, se for algo muito preocupante e você for íntimo, faça sutilmente.

10 – Se não tem nada interessante pra dizer, simplesmente fique calado.

E por favor, crianças, lembrem-se:

“Todos aquelas cusparadas que vocês dão para cima hoje, um dia se condensarão e cairão bem no meio da sua cara por meio de uma chuva de cuspe.”

tumblr_mtfip55lwZ1simqslo1_500

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s