Irmã

Por um descuido do destino eu sou filha única.
Não foi sempre que assim o fui, mas aqui estou.

Porém esse mesmo destino se encarregou de me presentear com uma irmã, quase 7 anos mais nova do que eu, nascida de outra barriga, de outra mãe minha.
E ainda dividimos boa parte dos nossos genes.

Crescemos juntas, vivemos juntas, viajamos juntas, passamos por muita coisa juntas. Inclusive trabalhamos juntas.
Não sei viver sem ela, minha amiga, parceira de comilanças, confidente, minha criancinha.

Desde sempre sabia que ela seria madrinha das quiança, porque ser madrinha é ser um pouco mãe, e eu não poderia passar por tudo isso sem ela ao meu lado, e logo descobri um amor incondicional que ela nutre por eles, e eles por ela.

Gorda,
Que você volte logo pra casa, pra Bolota, pras quianças, pros seus livros.
Estamos todos com saudades.

Feliz Dia do Irmão, minha irmã.

27757_1337257387128_3756827_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s