Como alimentar meus filhos está mudando minha alimentação

58389_4571391558461_1973497545_n

Foto por mim mesma em Veneza enquanto me empanturrava de pizza.

Eu confesso, confessadinho que sou viciada em comer.
Parte disso vem do fato de eu ser de uma família de italianos, daqueles bem italianos mesmo, com muita, muita massa… Massa de todos os tipos, macarrão, lasanha, focaccia e a pizza, e tudo em grandes, ENORMES quantidades.

Se tem uma coisa que italiano não consegue ser é comedido, com tom de voz, com gestos de carinho, com brigas e principalmente com comida. Portanto, todas as reuniões de família sempre foram regadas a muita comilança, e foi aí que eu aprendi a gostar de comer, e comer muito.
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Tive uma alimentação razoavelmente regrada durante os anos em que nadei, mas em contrapartida, como tinha um gasto calórico muito grande, eu sempre comi muito. Mas pelo menos era comida saudável – obrigada mãe.
E minha mãe coitada, sofreu uns bocados pra colocar a minha alimentação como saudável quando eu era criança, afinal, eu morava do lado da minha avó, e a tentação de comer arroz, ovo de gema mole e batata frita todos os dias era enorme.

tumblr_m26r5ycJpT1ro0zido1_500Mas preciso confessar mais confessadinho ainda que sou viciada em junkie food, e definitivamente eu não gostaria que meus filhos possuíssem o mesmo vício, afinal, já teve um mês na minha vida que gastei praticamente todo o meu salário na lanchonete do palhaço, e isso é sério… Mas mais uma vez, minha santa mãe me salvou e confiscou meu salário nos meses seguintes pra eu não cometer mais essa atrocidade.

E tive filhos.
E meus filhos começaram a comer.
E eu me vi obrigada a preparar uma alimentação saudável para eles.
Primeiro por medo. Medo de doenças principalmente, afinal, tenho casos de hipertensão, colesterol alto, obesidade na minha família.
E segundo para não viciar o paladar deles em junkie, porque não tem nada mais desagradável do que uma criança que não come nada de saudável.

Com isso eu e minha mãe, “a santa”, começamos a empreitada de preparar alimentos saudáveis para meus pequenos macaquinhos.
Tudo fresco, sem sal, mas bem temperado e com muito sabor.
Vide a foto abaixo:

Filé de pescadinha, pirão de abóbora e arroz com brócolis.

Filé de pescadinha, pirão de abóbora e arroz com brócolis.

Eis que nesse meio tempo a minha consciência alimentar de alguma forma melhorou. Fiquei “comendo com os olhos” cada comidinha que preparávamos para eles, e passei a comer com a boca também.
Para completar, marido resolveu voltar a ser vegetariano (tinha deixado de ser quando as crianças nasceram, pela praticidade, afinal, não era sempre que estávamos com vontade de fazer uma comida “diferente”). Com tudo isso, resolvi testar receitas novas, adivinhe, com ingredientes frescos e saudáveis, e em sua grande maioria, livre de qualquer tipo de carne, pois é, reduzimos drasticamente o consumo de carne aqui em casa. E estamos mais leves, mais saudáveis, mais dispostos (exceto em dias insones).

E com a proximidade da ida das crias para a creche, me pego pensando em milhares de opções nutritivas para mandar na lancheirinha (até porque ficarão somente 4 horas), e em como isso pode repercutir em sua vida futura, e como isso será bom para eles.

Para quem acha que criança tem que ser criança e tem que comer todas as porcarias do mundo, calma lá, um dia eles serão adolescentes e farão isso por si mesmos, eu não preciso ser a pessoa a incentivar maus hábitos alimentares nos meus pequenos, balas, doces, frituras, todas as tranqueiras industrializadas sempre existirão e estarão à mão deles quando eles quiserem, eu só me recuso a ser a pessoa a fazer disso um hábito para eles.

E sim, eu sinto falta de comer bacon todos os dias (porque eu comia).
Mas estou melhor sem ele.
E definitivamente, as crianças crescerão melhor sem ele.

Agora somos #seloBelaGil de alimentação saudável.
bela-619-610x370

Anúncios

3 comentários sobre “Como alimentar meus filhos está mudando minha alimentação

  1. Muito bom isso. Para quem acompanhava vc na lanchonete do palhaço ver isso que estás fazendo com seus filhos é maravilhoso. Concordo, não devemos passar maus hábitos para nossos filhos, e não é o seu caso, mas fazer dieta é uma M. Se pode crescer bem sem esses vícios, para que apresentá-los então? PERFEITO, vou seguir cada coisinha escrita aí, se um dia minha hr chegar…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s