Crianças e Cachorros

Imagem

Desde que eu fiquei grávida, um monte de gente vira pra mim e pergunta:

“- O que você vai fazer com o cachorro quando as crianças nascerem?”

Aí logo eu penso… Mas que bosta de pergunta besta! É obvio que eu vou ficar com meu cachorro, oras.
Eu que fui lá buscar ele quando ele ainda era um filhotinho e veio correndo no meu colo, com aquela cara esquisitinha, toda preta de quando ele era bebê. Quando o Fred veio para as nossas vidas, eu ainda não tinha me mudado, aí ele passou alguns meses na casa dos pais do Dudu, mas logo que nos mudamos aqui pras colinas verdejantes, ele veio com a gente, esse cabeça de alfinete.

É difícil criar um cachorro grande em um apartamento? É. Eu queria dar muito mais espaço pra ele, do que o que a gente realmente tem aqui em casa, mas como não tem remédio, remediado está.

A verdade é que eu acho que ele sabia que eu estava gravida antes de eu saber. Ele sempre foi muito carinhoso, mas desde que as crianças estão na pança, ele está bem mais, carinhoso e cuidadoso (dentro dos limites de velociráptor dele) comigo. Passa horas do dia com a cabeça deitada na minha barriga, aí vira e mexe vai lá, cheira, acha esquisito aquele tamanho todo e deita de novo. Dizem que os cachorros sentem o cheiro dos hormônios quando a mulher engravida… e o Fred sentiu aqui, ainda mais com hormônio em dobro.

Estamos acostumando ele aos poucos à nova rotina que vai chegar aqui em casa daqui a pouco… Tem um portãozinho daqueles de cachorro na porta do quarto das crianças, pra fechar nos momentos que for mais conveniente, tudo que chega aqui em casa, que seja pra eles, apresentamos a ele… aí ele vai, cheira, fica meio eufórico, mas entende (eu acho) que aquelas coisinhas são dos pequenos macaquinhos saltitantes da barriga.

Eu acho que a transição, de sermos só nós três em casa, para sermos cinco, vai ser mais fácil do que a maioria imagina. Conhecendo o meu cachorro, eu acho que ele não vai ter ciúmes nosso com as crianças, ele vai ter ciúmes das crianças com outras pessoas… E já estamos em prevendo um futuro próximo, um whippet daqui de casa, vestido com saia de bailarina, coroa na cabeça e parte do corpo pintado de canetinha!!!

Além disso, estudos indicam que crianças menores de um ano que convivem com cachorros (ou gatos) têm uma tendência menor a desenvolver alergias respiratórias (a mãe do nariz entupido agradece, 3 tomando Claritin não dá) e asma (alô Aerolin) quando mais velhos. Pra quem duvida do estudo, o link do artigo tá aqui! Quem não conseguir abrir, me avisa que eu mando o PDF.

E como a Nicolle me disse ontem no telefone “Carrrol, o Fled não é só um cachorro, ele é nosso bebêzinho também.”

Tem como não amar?! E quem já viu esses dois juntos, sabe que é a coisa mais fofa do mundo todo!

Imagem

 

Imagem

 

Imagem

Anúncios

5 comentários sobre “Crianças e Cachorros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s