Nome aos bois

ImagemSe tem uma coisa que me irrita muito, mas muito, tanto que me dá uma gastura no coração, é adulto que muda o nome das coisas só porque acha nojentinho. jesuscristopaieternomemata.

Quando eu era pequena, lá em idos 1991, assistindo “Um tira no Jardim de Infância” eu aprendi, que meninos têm pênis e meninas têm vagina. E que um ginecologista é um cara que vê vaginas o dia tooooodo. Minha mãe nunca, jamais desmentiu toda a veracidade daquele filme, afinal, era verdade.

Eu entendo, eu juro, quando você vai ensinar pras crianças sobre partes íntimas, dar uns nomes esquisitos… pintinho, piu piu, piru, pepeca, perereca, baratinha e um quinquilhão de sinônimos para essas coisas, porém, contudo, todavia… as crianças crescem e aprendem os nomes reais das coisas e não os nomes idiotas que damos para elas. Eu queria entender, porque raios, as mulheres dos grupos de mães do facebook (é gente, eu to de licença em casa, tenho muito tempo livre e fico lendo abobrinha nas internetes), que conversam com outras mulheres adultas, onde são todas sexualmente ativas (ou mais ou menos né…) ficam chamando suas partes íntimas por apelidos, é vergonha?! É nojo?! É o que?!

É tabu, chamar vagina de vagina?! É?! É?! A gente pode falar palavrão à torto e à direita (Não tô julgando, gentch, eu falo muito palavrão também), mas não pode falar, pênis?! Menstruação então, minhanossasenhoradoscabrobrós, nunca leio menstruação nos diálogos internetísticos das mães (a não ser quando eu falo alguma coisa), menstruação, é sempre monstra, maré vermelha, “aqueles dias”, nunca M-E-N-S-T-R-U-A-Ç-Ã-O. Lá em casa nunca rolou muito essas frescuras, eu quando “fiquei mocinha” HAHAHAHAHAHAHAHAHA, meu pai (vejam só que pai), me levou no supermercado e comprou um pacote de absorvente de cada modelo, cada marca, cada tamanho… pra ver qual eu ia me adaptar. E eu nunca “recebia visitas”, eu menstruava mesmo (agora graças ao bom jah e à prenhez, tô isenta disso por um tempo), minha mãe também, e todo mundo da minha família, isso nunca foi tabu.

Gentch, menstruação é fisiológico, normal, acontece… é teu corpo falando que tá tudo bem, tá tudo beleza, tá tudo funcionando direito. É tipo fazer cocô ou fazer xixi (foi mal, mas evacuar e urinar soa mais feio que cagar e mijar). Mas também tem gente que tem tanto pavor dos próprios conteúdos corporais que liga o chuveiro só pra disfarçar que tá ali, pintando a louça, ou então fica diiiiiiiiiiiias sem fazer cocô só porque viajou e tem vergonha de dividir banheiro.

Ah vá. Estamos em 2014 minha gente. Se a gente pode falar de qualquer coisa em público, sem correr (muito) o risco de ser presa, morta, torturada, por que vamos continuar nos escondendo e passando à frente esses tabus?! Por quê?!

Um beijo, de uma mulher que tem vagina, menstrua, faz xixi, cocô, está prenha, fala palavrão e tem pavor de tabus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s