Um dia eu acordei e eu era um kinder ovo…

Um dia desses eu acordei e me dei conta de que estava grávida.

Não que eu não soubesse antes. Na verdade eu sabia antes mesmo do resultado dar positivo. E toda essa sapiência foi que me impediu de tomar um golinho de cerveja sequer no reveillon, que me fez desistir nos primeiros 500 metros daquela trilha que eu queria tanto fazer lá na Ilha Grande… tá bom que o calor e o cansaço de trabalho acumulado que eu estava também colaboraram, mas eu já sabia.

Nas semanas que seguiram desde a volta da Ilha Grande, tivemos um resultado positivo, um susto, uma ida à emergência e lá visualização de um saco gestacional, mas pera lá… o que era aquilo no canto da tela?! Opa! Era mais um! Foi tipo um tratamento de canal… Vem a sensação boa da anestesia e logo depois o motorzinho pra cavucar seu dente… Fiquei feliz, claro. Mas e o medinho? O que eu ia fazer com aquele monstro corroedor de entranhas?! E vieram mais exames, mais sustos, mais repouso… Até então, tudo dentro dos conformes.

Mas faltava alguma coisa. Não sabia explicar o que era… mas agora sei o que me faltava… Era o glamour gestacional.

Essa coisa linda que toda mulher tem em ficar grávida, que se acha linda, o cabelo fica sedoso, a pele de pêssego, e achar o máximo estar gerando uma vida. Essa aula eu faltei na escola de “como ser uma boa mãe de família”. Na verdade eu faltei um semestre inteiro… desde “como ser uma dona de casa exemplar” até “gerar um bebê é estupendo”. Não tendo esses conhecimentos prévios, estava meio difícil mesmo achar a prenhez uma coisa das mais maravilhosas.

Passei o primeiro trimestre inteiro tão enjoada que parecia que eu estava atravessando os sete mares de canoa com o sol de meio dia no meu cucuruto, com os pés e mãos inchados e com um sutiã dois números maior que o dos peitinhos originais, some à essa sensação um sono que me faria dormir em uma cela solitária do presídio de Bangu em pleno verão de 55º do Hell de Janeiro e uma gripe no meio do Carnaval. Tava maneiro, tava tranquilo, tava chuchubeleza. Só que não. Eu fiquei chata (mais), mal humorada (mais) e irritada (mais). Até porque, na minha cabeça de rolinha (como diria vovó), não há uma pessoa em sã consciência que fique bem humorada nesses casos.

E veio o segundo trimestre… translucência nucal, tira sangue daqui, faz xixi no potinho dali… tudo beleza… pararápererépãoduro. Descobrimos os sexos dos seres remexedores, meu preciosos parasitas uterinos… E de quebra ganhamos dores ligamentares e contrações de braxton hicks. Oh Damn it. Murphy sempre sacaneando os coleguinhas. E lá se foi o glamour do segundo semestre e só ficou o buscopan e a fome de 3 javalis na estação seca da África.

Mas esses dias magicamente me olhei no espelho e me achei redondamente grávida. Daquelas que andam com pé pra fora, fazendo pliê o tempo todo. Daquelas que as maravilhosas camisetas hering ficam apertadas e eu logo me pego o tempo todo abaixando pra não ficar pagando pancinha. E depois de constatar que eu estava realmente grávida e que não eram só gases estufando a minha pança eu me senti melhor. Continuo não me achando linda, muito pelo contrário… Tô é fazendo o caminho inverso do André Marques. Mas me sinto melhor e mais confiante com meu estado gravídico atual.

Quanto ao glamour?! Ele ainda não veio. Nem sei se vai chegar, mas também não estou me preocupando muito com isso não… Nunca fui glamurosa rainhadofunk mesmo. Vou me endireitando daqui e dali, com as dores, com os milhares de xixis da madrugada, com os desejos bizarros, com as espinhas e com todas as coisas pavorosamente chatas que uma gravidez tem a oferecer.

E quanto ao kinder ovo?! Tem coisa mais kinder ovo do que grávida?! Não. E eu to com vontade de comer um, ou quarenta e cinco. Mas meu alter-ego da Shamu não quer permitir…

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Um dia eu acordei e eu era um kinder ovo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s